2012

banner520

O BRASIL E O MUNDO

VII Mostra Internacional Audiovisual

VII Seminário Internacional Audiovisual

Belo Horizonte || 13 a 19 de janeiro

Online || 13 de janeiro a 17 de fevereiro

 

Verão de 2012 – Faça chuva ou faça sol – o cinema é a arte de contar histórias com imagens em movimento que mais fascina. Há mais de um século tem sido a melhor maneira de compartilhar essas histórias. Seja na sala escura com a grande tela, plana ou 3D, na TV, no PC, no notebook, no tablet ou na palma da mão. O cinema é do ator, do diretor, do produtor, do músico, do cenógrafo, de uma gama enorme de profissionais e criadores e do público. É talvez a mais completa expressão de diversão e arte.

Desde a sua criação, em 2005, a Mostra Internacional Imagem dos Povos propõe uma curadoria que valoriza as produções autorais, expondo a diversidade de lugares e culturas, buscando no audiovisual contemporâneo de diversos lugares exemplos de criatividade e inovação tecnológica.

O ineditismo, a busca de exemplaridade do Imagem dos Povos e a dinâmica de sua programação o fazem participar da disseminação de novos suportes de exibição audiovisual e da divulgação de filmes e programa audiovisuais.

Ao longo de suas sete edições, o Imagem dos Povos vem acompanhando diversas cinematografias e mudanças tecnológicas do setor, com a introdução de narrativas multiplataformas, novas janelas e possibilidades de exibição.

Desde as experiências iniciais com os Cortejos de Imagens, explorando a arquitetura das cidades como suporte para projeções em movimento a instalações como a Central de Imagens, que buscavam novas perspectivas para fruição, diferentes espaços de exibição conviveram comas salas convencionais nas edições da Mostra.

Além desses espaços experimentais, TVs educativas foram parceiras na apresentação de parte da programação, concomitante a sua realização, antecipando a disponibilização on-line que, a partir de 2010, fez do Imagem dos Povos um dos primeiros festivais do mundo a viabilizar esse tipo de acesso.

É também em associação internacional que a programação da mostra é organizada.

Contribuem para seu planejamento realizadores, críticos e produtores de diferentes países, além das parcerias institucionais e de intercâmbio de programação com festivais, tais como: AfricanFilm e Tribeca de Nova York (Estados Unidos); Pan African Film Festival de Los Angeles (Estados Unidos); Fespaco (Burkina Faso); Le Femi de Guadalupe (França); Festival de Cine Africano de Tarifa (Espanha); Jornada Cinematográfica de Cartago (Tunísia); Dockanema (Moçambique); Fidadoc (Marrocos); Festival de Durban (África do Sul); Afrika Filmfestival de Leuven (Bélgica); 3 Continents de Nantes (França); Festival de Amiens (França).

Os seminários internacionais se consolidaram como espaço de excelência na formação de produtores e diretores do setor de audiovisual. Realizados concomitantemente à Mostra Internacional, provocam uma convivência de produção e criatividade entre jovens e experientes realizadores, projetos embrionários, projetos em processo de produção e a avaliação de projetos realizados.

O temário obedece à própria dinâmica do setor e se articula com a programação de modo que seminário, mostra e workshops signifiquem para os profissionais do audiovisual participantes o envolvimento em todo o processo produtivo.

Para este janeiro apresentamos três atividades:

Ateliê de Coprodução Cinematográfica Internacional Produire au Sud – 3 Continents /Imagem dos Povos.

Mostra Mundo: exibição de filmes que foram produzidos a partir do Ateliê Produire Au Sud e exibidos no Festival 3 Continents e filmes convidados de festivais parceiros.

Mostra Brasil: apresentação de uma nova janela de exibição de filmes brasileiros: imagemdospovos.com.br. Uma seleção de filmes será apresentada simultaneamente nas salas de cinema e disponibilizada on-line (por streaming) para o Brasil e para o mundo.

Bem-vindos ao Imagem dos Povos!

Bem-vindos a Belo Horizonte!

Adyr Assumpção e Tâmara Ribeiro

Diretores e idealizadores Imagem dos Povos

Catálogo 2012